Long black, lungo, americano, sei lá… eu quero café!

Compartilhe e BONS CAFÉS!

Última atualização foi dia

Tempo estimado da leitura: 5 minuto(s)

Você sabe que alguns textos aqui são experiências pessoais vividas por mim.

Nesta semana, após uns 20 dias, uma cliente retornou à loja e pediu um long black.

Talvez você ache isto sem importância, no entanto, vou contextualizar:

No local onde trabalho, só existe uma máquina de cápsulas. Os clientes entram pedindo cappuccinos com chantilly, café gelado ou coados.

Sempre explico que só temos os espressos e o cappuccino italiano, mas por causa dos pedidos frequentes por coados, resolvi arriscar no long black e aos poucos, a máquina de cápsulas tem ajudado a ganhar novos clientes.

Eu explico que é um café que simula o café coado e pergunto se a pessoa não deseja experimentar. Sempre escuto sim e tem funcionado.

A vantagem do café fresco e de qualidade.


A cliente

O mais legal foi que a cliente, após vários dias, lembrou do nome que ensinei para ela. Imagine que não precisei explicar nada.

Ela pediu, eu fiz, ela bebeu tudo e saiu sorrindo.

Você sabe como é ter aquela vontade de beber um café e não encontrar? Agora imagine quando você consegue o que quer. Parece algo pequeno, mas foi uma conquista.

A cliente obteve uma pequena conquista – bebeu seu café fresquinho do modo que ela queria.

Eu obtive minha pequena conquista – a cliente guardou a nomenclatura referente àquela bebida.

Foi um bom dia!

  • O abatanado, em Portugal, é feito como um expresso normal mas deixando encher totalmente a chávena de chá.
  • O americano gelado, feito pela combinação de café com água fria, em vez de água quente.
  • O long black, famoso na Austrália e Nova Zelândia, feito através da adição de café de 30-60ml (1-2 fl oz) de água quente, mantendo o creme.
  • A lungo, feita por um tiro de extração de café expresso por mais tempo dando mais volume, mas também que extrai alguns sabores amargos.

Sobre o autor

Cafezista
Descobrindo os cafés de Goiânia. Siga-me, participe, compartilhe!

Faça o primeiro comentário a "Long black, lungo, americano, sei lá… eu quero café!"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*