Imagine que seu sonho não vale 1 centavo

Juliana com café nas mãos
Compartilhe e BONS CAFÉS!

Última atualização foi dia

Tempo estimado da leitura: 12 minuto(s)

Imagine, você vive em uma cidade que não tem cafeteria, escolhe um método de preparar café inventado em 2005, resolve participar de um campeonato nacional desta modalidade criado em 2015 e tenta por 2 anos consecutivos apenas se inscrever… e nada!

Juliana Félix

Natural de Nova Crixás (ainda sem cafeteria), autônoma e fotógrafa consegue neste ano, no último minuto se inscrever no campeonato nacional de aeropress.

Dificuldades

Imagine que para beber um café de mais qualidade ela costumava comprar café cru e torra no torrador bolinha ou rodava 380Km para ir até a capital Goiânia e comprar 1 Kg de café para consumir em 2 meses!

Viver em uma cidade com 10 mil habitantes que talvez uns 20 apreciem um café especial e nem metade são da sua família.

Pela facilidade de transporte, Juliana (2016) circulava com sua aeropress por todos os lugares. Talvez todas estas dificuldades a tenham preparado para o que estava por vir.

Sonho

Lembra que eu disse que ela se inscreveu no último minuto? Pois é! Ela precisava treinar. Para treinar precisava de café e de recur$os.

Resolveu fazer uma vakinha na qual explicava o que é o campeonato, seu sonho.

“Acho que ninguém acreditou no meu sonho, não foi doado nem R$0,01”
compartilha, Juliana.

Imagine! 7 dias!

Para iniciar o treinamento em São Paulo quando Juliana decidiu vender brigadeiro de café para levantar o recurso.

As pessoas do interior ainda não conhecem as diferenças dos cafés especiais mas sabem o que é sonhar – e ajudaram.

Deste modo e após muitas intempéries, finalmente Blumenau (local da competição).

Nossa barista de Goiás, que não trabalha em cafeteria, não conhecia as regras do campeonato e sem o senhor Miyagi para orientá-la nos últimos segundos, compete com 27 competidores no sistema mata-mata, distribuídos de 3 em 3, em 9 etapas.

CURSO DE BARISTA ONLINE – COM PROFESSOR DANIEL TEIXEIRA

Campeonato 2019

Fase por fase Juliana chegou até a final e o resto é história!

Imagine que até a roupa preta foi dica de um amigo barista: “preto é básico, fácil de lavar, transportar, combina com tudo e não aparece se sujar”.

Ser carregada pelos colegas goianos, talvez ela tenha conhecido pessoalmente alguns deles no campeonato e uma forma de “gratidão da vida”.

Vou explicar: o prêmio do campeonato é a oportunidade de concorrer no campeonato mundial que será em Londres no dia 24 de novembro deste ano, bem como a hospedagem e as passagens.

A primeira mulher a ganhar este campeonato no Brasil, que não trabalha em cafeteria (você pode ser barista sem trabalhar) que não teve apoio de nenhuma empresa, que não conhecia as regras, que não tinha onde ficar nem em São Paulo e nem em Blumenau, que competiu após uma longa via crucis, merecia o prêmio?

CURSO DE BARISTA ONLINE – COM PROFESSOR DANIEL TEIXEIRA

Calma! E os outros competidores? Todos mereciam ganhar, mas naquele dia, a combinação do café (cafeicultor), da torra (mestre de torra), moagem, água, mão do barista… ah esta combinação foi perfeita para a Juliana Felix que na foto abaixo estava mais para Juliana FeliZ.

Se a vida foi justa e deixou um Estado mais feliz. Os goianos sabem que terão uma representante na Inglaterra, divulgando os cafés brasileiros, mostrando que somos iguais em tudo (e mais simpáticos).

Esta foto

O sonhado “e se”! E se eu ganhar… E se eu treinar… E se eu escrever um blog… E se eu estudar… E se eu vender de porta em porta… e se?!

O aeropress dourado na mão forte de uma brasileira, o sorriso de menina que nem se lembra da dor do caminho, o olhar da barista que acaba de servir um café para você e a mão que aponta para o troféu e transmite a mensagem:

NÓS GANHAMOS!

(fez-me lembrar outro escritor – “Venci a corrida, guardei a fé” – Paulo de Tarso.
Foto de Ricardo Felipe Kaun

Atualmente

Perguntei a Juliana (você também pode – @instadaJu) como poderia ajudar e se ela tem uma conta no banco.

Eis a conta bancária:

Banco do Brasil – Agência 4574-8 CC: 81345-1 cpf 036.912.871.07

Lembre-se que ela precisará de mais recur$os eu um outro país.

Na época fará frio, ela precisa chegar antes para conhecer a estrutura do local de competição, o tipo de água disponível, fazer os testes com o café, a umidade do ar é diferente, a dilatação dos corpos. Espero que eu tenha exposto motivos suficientes para você curtir o instagram dela, conversar com ela e descobrir o que ela precisa para representar bem nosso Estado, nosso País.

CURSO DE BARISTA ONLINE – COM PROFESSOR DANIEL TEIXEIRA

Sobre o autor

Cafezista
Descobrindo os cafés de Goiânia. Siga-me, participe, compartilhe!

Faça o primeiro comentário a "Imagine que seu sonho não vale 1 centavo"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*