Quer fechar um negócio? Ofereça café!

imagem de uma xícara de louça saindo vapor
Compartilhe e BONS CAFÉS!

Última atualização foi dia

Tempo estimado da leitura: 9 minuto(s)

Um estudo recente revelou que somente sua fragrância é capaz de nos motivar, de melhorar nossos processos cognitivos e de melhorar até mesmo o nosso humor.

Talvez por este motivo, tantos empreendedores, professores, personal-trainer, professores particulares e muitos outros profissionais liberais escolheram os interiores das cafeterias para conversar sobre seus negócios.

Já vi muita assinatura de escritura de imóvel nestas mesas. – diz um garçom de uma lanchonete em Goiânia.

A fragrância do café nos encanta e nos estimula; além disso, nada pode ser mais reconfortante do que nos deixarmos envolver por ela todas as manhãs. 

Quando na forma líquida, é um prazer ao paladar e consequentemente para o cérebro. 

A maioria de nós já o experimentou mais de uma vez. Basta abrir o recipiente de café, seja a caixa com as clássicas cápsulas ou a embalagem contendo o grão inteiro ou já moído para sentir um prazer olfativo indefinível. Nós amamos seu aroma, suas nuances e a profundidade aveludada que nos transporta a lembranças agradáveis.

“Entre os muitos luxos da mesa, o café pode ser considerado um dos mais valiosos. Ele vislumbra a alegria sem intoxicação, e o fluxo agradável de espíritos que traz nunca é seguido de tristeza, langor ou fraqueza”.
-Benjamin Franklin-

Essas experiências tão sugestivas são originadas por ele, nosso sábio e sempre habilidoso cérebro, governado por um dos sentidos mais poderosos da maioria dos seres vivos: o olfato

O aroma do café viaja do córtex cerebral diretamente até o sistema límbico, para as regiões onde as emoções e a memória compartilham os mesmos circuitos, as mesmas rotas.

Se essa fragrância do café melhora nosso desempenho, não é por nos proporcionar qualquer poder ou capacidade súbita. Falamos apenas de emoções e bem-estar, de um simples efeito placebo. É, sem dúvida, um fato muito interessante.

PRESSCA – criação de um brasileiro

Talvez seja por esta particularidade que locais tensos como hospital, bancos, clínicas; sempre oferecem um café. Empresários de visão, colocam em seus escritórios, máquinas de café em cápsula.

O cérebro humano adora café

Os escritores, os estudantes, os filósofos e qualquer um que recorra a ele pela manhã o usam para despertar ou para resistir a longas horas de estudo ou trabalho à noite. Costuma-se dizer que nenhum lugar é tão cheio de ideias quanto o interior de uma xícara de café.

A cafeína é um dos alcalóides que mais agradam o nosso cérebro. É um estimulante natural do sistema nervoso, seus efeitos são percebidos após 15 minutos e podem durar até 6 horas. É algo sensacional, não há dúvidas, e tudo é devido à sua estrutura molecular. A cafeína é capaz de bloquear os receptores de adenosina, moléculas que nos induzem ao sono ou à sensação de cansaço.

No entanto, ainda há mais. O café não apenas nos ajuda a despertar pelas manhãs e, inclusive, a render um pouco melhor em nossos trabalhos. 

Além disso, nos dá uma agradável sensação de prazer, e a responsável por isso não é nem mais nem menos que ela, a dopamina

Este neurotransmissor nos induz a um estado de ativação, de bem-estar e de motivação muito característico; claro, e não é por isso que sou viciado em café.

Só bebo enquanto estou acordado e bebo para não dormir!

Sobre o autor

Cafezista
Descobrindo os cafés de Goiânia. Siga-me, participe, compartilhe!

Faça o primeiro comentário a "Quer fechar um negócio? Ofereça café!"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*